O Real Madrid reformado e o atacante brasileiro Ronaldo trocou as suas botas por chuteiras de ciclismo ao embarcar na sua viagem de 450 km (280 milhas) na sua bicicleta eléctrica, cumprindo a sua promessa de o fazer se o seu clube Real Valladolid ganhasse a promoção ao campeonato espanhol de primeira linha.

Ronaldo, que também é proprietário do clube brasileiro Cruzeiro, comprou uma participação de 51% no Valladolid em 2018, e é o presidente do clube espanhol.

A viagem do jogador de 45 anos começou no domingo no estádio José Zorrilla de Valladolid e seguirá a trilha do Caminho de Santiago, que é percorrida por milhares de peregrinos todos os anos, antes de terminar em Santiago de Compostela.

“Será bonito”. Sei que vou sofrer fisicamente, mas será uma experiência inesquecível”, disse Ronaldo aos repórteres no estádio de Valladolid antes de partir.

Ele será acompanhado pelo seu companheiro, bem como por uma equipa de “profissionais especializados” para o ajudar na sua viagem.

A viagem de bicicleta de Ronaldo vem depois de Valladolid ter terminado em segundo lugar na segunda divisão espanhola para ganhar promoção de volta ao LaLiga, uma época depois de terem sido despromovidos.

“Quando fomos rebaixados, eu sabia que tínhamos de trabalhar muito para voltar à primeira divisão”, disse Ronaldo.

“Fiz a promessa, fizemos um trabalho muito bom, especialmente no início do ano, com todas as mudanças que fizemos, com toda a filosofia que mudámos.