Domingo, 19 Novembro, 2017

Visita de Trump à Ásia pode aumentar tensão com a Coreia

Com problemas em casa, Trump inicia maior viagem presidencial à Ásia em anos Coreia do Norte é “um grande problema” que tem de “ser resolvido”
Viriato Gomes | 06 Novembro, 2017, 00:23

Trump também visitará a China, mas, antes dela, visitará a Coreia do Sul e o Japão.

Donald Trump foi recebido por uma comitiva da embaixada dos Estados Unidos e pelas tropas norte-americanas destacadas no Japão.

Embora não tenham sido divulgadas muitas informações sobre este primeiro encontro informal, Abe afirmou que ambos "puderam relaxar" e "mantiveram longas conversas que só se podem ter jogando golfe", nas quais "dialogaram de forma honesta sobre assuntos muito complicados", segundo recolhe a agência local "Kyodo".

Entre eles está uma investigação federal cada vez mais abrangente sobre a suposta interferência da Rússia na eleição do ano passado, a recuperação de Nova York de um ataque que deixou oito mortos e o debate de um plano de cortes de impostos que, se aprovado pelo Congresso, será sua primeira grande vitória legislativa.

"Houve 25 anos de fraqueza total relativamente à forma de lidar com a Coreia do Norte", disse aos jornalistas que seguiam a bordo do Air Force One, que aterrou este domingo no Japão.

Brasil registou sete mortes violentas por hora em 2016
A maioria dos profissionais mortos é negra, 56%, e está na faixa etária de 30 a 49 anos (63,6%) e é do sexo masculino (98,2%). O número de mortes violentas intencionais em 2016 equivale às mortes em decorrência da explosão da bomba atômica em Nagasaki.

Receita Federal apreende uma tonelada de cocaína no Porto de Santos
A Alfândega do Porto de Santos , no litoral de São Paulo, apreendeu mais de uma tonelada de cocaína nesta sexta-feira (3). Em maio deste ano, oito pessoas foram detidas em Paranaguá por envolvimento no tráfico internacional de drogas.

Namorado de Fátima recebeu doação de empresa investigada na Lava Jato
Os jornalistas foram casados por 26 anos e são pais dos trigêmeos Laura, Beatriz e Vinícius. No Instagram de Fátima, Túlio Gadelha apareceu pela primeira vez em setembro.

O presidente dos Estados Unidos pressionará o colega Xi Jinping a endurecer a postura contra o país.

O tema mais importante da agenda é a crise causada por repetidos testes nucleares feitos pela Coreia do Norte.

No dia em que chegou ao Japão, este domingo, o casal presidencial jantou na companhia do primeiro-ministro Shinzo Abe e da sua mulher, Akie Abe, que fizeram questão de se inteirar das preferências gastronómicas de Trump. "Não foi agradável para eles, foi?", disse Trump às tropas.

Tóquio e Washington são partidários de aplicar a "máxima pressão" sobre Pyongyang e não descartam a opção militar, embora também não desprezem o diálogo se o regime renunciar aos seus programas armamentísticos.

Luislinda Valois cita escravidão ao pedir salário de R$ 61 mil Luislinda Valois cita escravidão ao pedir salário de R$ 61 mil O acúmulo somaria R$ 61 mil, valor que supera o teto do funcionalismo, de R$ 33,7 mil. Eu tenho uma representatividade. É tudo isso que tem que ter.

Relator no Senado quer suavizar projeto sobre aplicativos como Uber Relator no Senado quer suavizar projeto sobre aplicativos como Uber Esse projeto reúne partes de três propostas sobre o mesmo tema que chegaram ao Senado, deliberadas pela Câmara dos Deputados. Com a regulamentação, Goiânia poderia ter pouco mais de 3 mil motoristas atuando em aplicativos de transporte individual.

Atacante "ligado" ao autoproclamado Estado Islâmico Atacante Centenas de agentes estão no local, incluindo um esquadrão antibomba, mas a polícia disse que não procura outros suspeitos. O presidente Donald Trump , na rede social Twitter , considerou o atacante como uma "pessoa doente e desequilibrada".