Domingo, 19 Novembro, 2017

Fachin manda aliado de Geddel para prisão domiciliar

Evaristo Sá/AFP Na Justiça comum o caso deve tramitar com maior velocidade
Viriato Gomes | 21 Outubro, 2017, 00:43

Em depoimento prestado em 8 de setembro de 2017, quando foi preso pela segunda vez, o ex-ministro Geddel Vieira Lima preferiu ficar calado e não prestar esclarecimentos sobre os R$ 51 milhões encontrados em seu "bunker" em Salvador.

Em coluna na Folha nesta sexta, o jornalista Bernardo Mello Franco escreveu que, "ao chamar Geddel de líder de organização criminosa, Raquel Dodge parece fazer um favor ao chefe dele, que a nomeou".

A determinação do ministro Fachin é de que Job Brandão cumpra a prisão no endereço que indicar, o qual não é informado na decisão.

O antecessor de Raquel Dodge na PGR, Rodrigo Janot, denunciou o hoje rotulado "líder" Geddel Vieira Lima junto a Temer, aos ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco (Secretaria-Geral da República), aos ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, e ao ex-assessor da Presidência Rodrigo Rocha Loures.

Em nota, a defesa de Lúcio Vieira Lima considerou desnecessária a operação porque, segundo ela, o deputado sempre se colocou à disposição do STF e da Procuradoria Geral da República para prestar esclarecimentos e entregar documentos. Para ela, a prisão preventiva do ex-ministro é "imprescindível" para a continuidade das investigações. Ele disse ter entregado mais de R$ 11 milhões em espécie a Geddel.

Defesa de Lula deve entregar recibos originais em 48 horas
A visita do advogado teria ocorrido, segundo ele, em novembro de 2015, e a do contador no mês seguinte. A afirmação contradiz o que declarou o engenheiro Glaucos da Costamarques, proprietário do imóvel.

Carille explica erros do Corinthians na derrota para o Bahia
Em desvantagem no placar , o Corinthians partiu para o ataque em busca do empate e abriu muito espaço para o time da casa. Nome forte do Bahia na atual temporada, o meio-campista chama a atenção de equipes como Palmeiras, Santos e Corinthians .

Rueda fala em "compromisso" no Flamengo por nova meta no Brasileirão
Seja bem-vindo, torcedor que navega pela VAVEL Brasil! O técnico Emerson Cris perdeu o volante Moisés Ribeiro para o confronto. Recuperado de contusão, ele treinou normalmente nos últimos dias e pode ficar como opção ao técnico Reinaldo Rueda.

Pela decisão, a parte referente ao crime de lavagem de dinheiro, tramitará no STF.

Ferraz, que deverá utilizar tornozeleira eletrônica, está proibido de utilizar telefone e internet e de manter contato, por qualquer meio de comunicação, com os demais investigados. "No caso concreto, mais do que indícios, há prova da materialidade delitiva do crime de ocultação de mais de R$ 51 milhões", diz a a procuradora-geral.

A PF encontrou digitais do ex-ministro nas sacolas de dinheiro. Ele presumiu que a verba iria para campanhas do PMDB da Bahia.

O aliado admitiu à PF ter ido buscar um dinheiro a pedido de Geddel e disse que estava disposto a colaborar com as investigações.

PSD não avança com censura mas sugere que dará apoio ao CDS PSD não avança com censura mas sugere que dará apoio ao CDS O que não impediu a deputada Assunção Cristas, que tenta se posicionar como o principal nome da oposição ao governo Costa, de demonstrar empenho no projeto.

Trump rompe acordo nuclear de Obama com o Irã Trump rompe acordo nuclear de Obama com o Irã Pelo contrário, a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, destacou que Trump "não tem" o poder de acabar com o acordo. Um tipo de atualização unilateral do "JCPOA", como se conhece o acordo nos Estados Unidos, segundo o seu acrônimo.

Lone Star já é dona do Novo Banco Lone Star já é dona do Novo Banco Para Carlos Costa foi dado um "passo decisivo" para a economia nacional, ainda que se tenha tratado de um "complexo processo". A Lone Star vai manter a atual equipa executiva liderada por António Ramalho por mais um mandato, a terminar em 2020.