Terça-feira, 17 Outubro, 2017

Estamos trabalhando com UE para impor sanções à Venezuela, diz premiê espanhol

Socialista Morena: Trump puniu os coxinhas venezuelanos Maduro diz que conquista de Trump na ONU foi isolar os Estados Unidos do mundo
Viriato Gomes | 02 Outubro, 2017, 01:20

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se queixou de dois dos seus principais críticos internacionais nesta quarta-feira, criticando o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, por "intromissão" e zombando do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por ignorância geográfica.

O presidente americano afirmou que na Venezuela a população "tem suportado uma fome imensa, sofrimentos e perigos, além de instabilidade política" sob o que denominou de "um opressivo regime socialista". "Precisamos de todos os envolvidos", disse Trump, numa conferência de imprensa na Casa Branca com Mariano Rajoy.

"Muito em breve vou anunciar ações de caráter diplomático, de revisão integral das nossas relações com a Espanha, se 'Marianito' Rajoy não modificar seu intervencionismo recorrente, negativo e permanente contra a República Bolivariana da Venezuela", disse Maduro durante um discurso em rede nacional de rádio e televisão. "Dê-lhe um mapa, e ele não pode encontrar a Venezuela", disse o líder venezuelano sobre Trump.

"Donald Trump nem sabe onde é a Venezuela".

FIFA divulga finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2017
A entidade, conforme o Estado revelou com exclusividade em outubro, ainda abriu a votação para os torcedores, via internet. Neymar ainda pode entrar na lista dos 11 melhores do ano, o que a Fifa considera como a "seleção de 2017".

Coreia do Norte diz que Trump declarou guerra
Ri disse que Trump é " uma pessoa mentalmente perturbada cheia de megalomania e complacência ", com o dedo no "botão nuclear". Segundo os especialistas, seria uma possível réplica sísmica do tremor causado pelo teste nuclear de 3 de setembro.

México. Aumentou para 273 número de vítimas do sismo
O epicentro do terremoto desta terça-feira estava localizado no Estado central de Puebla, informou o Serviço Geológico dos EUA. Em uma fábrica têxtil do centro da cidade, onde trabalhavam vários taiwaneses, os esforços também foram redobrados.

Venezuela, Coreia Popular e Chade foram incluídos em uma nova lista de países proibidos de entrar nos Estados Unidos por serem considerados "ameaça à segurança nacional”".

De acordo com Maduro, Trump não recebeu o apoio de um único governo para as suas ameaças contra a Venezuela.

Na segunda-feira, o secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, emitiu um novo informe sobre a Venezuela, no qual pediu à comunidade internacional que aplique mais sanções contra o governo de Caracas.

Ryanair cancela voos de Novembro deste ano a Março de 2018 Ryanair cancela voos de Novembro deste ano a Março de 2018 A companhia aérea irlandesa cancelou 2.100 ligações até ao final de outubro, afetando 315.000 passageiros em todo o mundo.

Barcelona vence o Las Palmas em jogo marcado por portões fechados Barcelona vence o Las Palmas em jogo marcado por portões fechados Não foi decidido se o Barcelona continua na disputa, ou se os jogadores catalães podem continuar a jogar pela seleção espanhola. Piqué, líder do Barcelona , chegou a postar uma imagem no Instagram onde confirma seu voto pró-Independência. "Já votei.

Vídeo: Coreia do Norte mostra como vai acabar com aviões dos EUA Vídeo: Coreia do Norte mostra como vai acabar com aviões dos EUA Em particular, o ministro disse que a política de Trump tornaria inevitável a "visita de nossos foguetes" a todo o continente americano.