Terça-feira, 17 Outubro, 2017

Presidente defende multilateralismo e diálogo em abertura da Assembleia Geral da ONU

Temer venderá recuperação econômica do Brasil na Assembleia Geral da ONU Antes de reunião da ONU, C. do Norte diz que força nuclear está quase concluída
Viriato Gomes | 20 Setembro, 2017, 00:27

Ao abrir os debates gerais da Assembleia Geral da ONU nesta terça (19), o presidente Michel Temer mandou um recado à Venezuela, dizendo não haver mais lugar "para alternativas à democracia" na região. Imediatamente antes da abertura do debate geral, às 9:00 locais (14:00 em Lisboa), caberá ao secretário-geral da ONU, António Guterres, apresentar o seu relatório anual, apesar de ainda não ocupar o cargo há um ano.

O primeiro dia é marcado por 20 discursos, sendo os primeiros pronunciamentos do Brasil e dos Estados Unidos, seguindo a tradição.

O presidente brasileiro chegou na tarde desta segunda a Nova York, onde ocorre a 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas. "Recusamos os nacionalismos exacerbados". Também estão previstas reuniões com líderes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), com empresários e investidores, e com o presidente do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab.

O presidente brasileiro também afirmou que o país está superando uma crise sem precedentes. Disse ainda que o desmatamento é questão que preocupa o governo e, por isso, está "concentrado atenção e recursos".

Trump, que chamou o regime de Kim Jong-Un de "depravado", afirmou "é hora de Coreia do Norte aceitar que a desnuclearização é o único futuro possível" e agradeceu à China e à Rússia por terem votado a favor da impor sanções contra o regime, após um teste nuclear realizado no mês de setembro.

Segundo o representante permanente do Brasil junto às Nações Unidas, Mauro Vieira, entre os destaques do discurso deste ano devem estar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e o Tratado para Proibição de Armas Nucleares, que deve ser ratificado por 26 países, entre eles o Brasil, amanhã.

Temer e Geddel repartiram propina paga pela Odebrecht, diz Funaro em delação
Ele disse aos procuradores que entregou R$ 1 milhão em espécie no escritório de Yunes, que nega ter recebido a quantia. A versão coincide com a delação premiada de Cláudio Mello Filho, ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht.

Coreia do Norte faz mira à bitcoin para fugir às sanções económicas
No início do mês passado, o Conselho de Segurança restringiu a importação de carvão, ferro e produtos do mar da Coreia do Norte . A resolução prevê a "suspensão das exportações têxteis" do regime norte-coreano.

Vacinação para crianças começa nesta segunda (11)
Segundo a prefeitura, durante a semana, as salas de vacinação estarão abertas das 07h às 11h e das 13h às 17h. O objetivo é a atualização da caderneta vacinal de crianças e adolescentes até 15 anos de idade.

Abordando temas da agenda internacional, o presidente também defendeu no palanque a solução de dois Estados para o conflito entre Israel e Palestina. "Não acreditamos no protecionismo como saída para as dificuldades econômicas -dificuldades que demandam respostas efetivas para as causas profundas da exclusão social", disse Temer.

Em relação aos refugiados, Temer disse que o Brasil tem concedido vistos a imigrantes haitianos e sírios, além de acolher "milhares de cidadãos da Venezuela". Durante o encontro, o americano disse que quer que a Venezuela restaure sua democracia e que a situação no país é inadmissível.

O primeiro compromisso de Temer será o jantar promovido pelo Presidente dos Estados Unidos para analisar a situação latino-americana, especialmente a crise venezuelana. "O Brasil manifesta-se com a autoridade de quem, dominando a tecnologia nuclear, abriu mão, voluntariamente, de possuir armas nucleares".

"A ONU tem missões respeitáveis, além de ajudar os necessitados e proteger a paz". Trump e o presidente da França, Emmanuel Macron, participam pela primeira vez da assembleia. Para uma solução do problema, ele considera que é "preciso um sentido de Estado e que não se deve dar oportunidade a guerra".

Também se referiu à "ameaça global do terrorismo", que continua cobrando um saldo "de morte e devastação".

Defesa de Joesley e Saud pede revogação da prisão temporária Defesa de Joesley e Saud pede revogação da prisão temporária Segundo Kakay, como é conhecido o- advogado, seus clientes consideraram o encontro com Miller como "absolutamente normal". No último dia 31, os delatores da J&F entregaram à PGR um áudio, com cerca de 4 horas, para complementar o acordo.

Barroso abre novo inquérito contra Temer no STF Barroso abre novo inquérito contra Temer no STF Apesar de a petição da PGR falando da necessidade de investigação ter sido enviada em junho, apenas no dia 31 de agosto ela se manifestou a respeito da relatoria.

UCL: Messi Finally Scores Against Buffon As Barcelona Beat Juventus UCL: Messi Finally Scores Against Buffon As Barcelona Beat Juventus Barcelona made a lot of headlines over the summer, mostly for the wrong reasons. "He started well but he's got to stay calmer". Allegri was not too downbeat following the loss however, saying: "I don't think we're going to have a problem".