Sábado, 18 Novembro, 2017

Janot não é convidado para a posse de Raquel Dodge

Crédito Zanone Fraissat  Folhapress SEM MAROLA A nova procuradora-geral da República Raquel Dodge será mais objetiva que seu antecessor
Viriato Gomes | 17 Setembro, 2017, 00:25

A nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, estipulou o prazo de 30 dias para a saída da atual equipe da Lava Jato no órgão, nomeada por seu antecessor e adversário, Rodrigo Janot. "Ao procurador-geral da República, não pode ser atribuída qualquer responsabilidade pelas opções de vida do considerável procurador", afirmou Dino em sessão da Corte na qual está sendo julgado o pedido da defesa do presidente Michel Temer para suspeição de Janot das investigações contra o presidente com base no acordo de colaboração premiada da J&F.

Durante o encontro, o procurador ganhou 1 arco e uma flecha de origem indígena, da tribo Xokó, como presente de aniversário. No evento, ao falar sobre o fim de seu mandato, o PGR afirmou: "Enquanto houver bambu, lá vai flecha". Desde o dia 16 de agosto de 2013, Janot foi o representante máximo do Ministério Público Federal.

Num dos últimos atos de sua gestão, ele enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (14) uma nova denúncia contra o presidente Michel Temer, por obstrução de Justiça e organização criminosa. Janot deixa o cargo neste domingo (17) e Raquel Dodge assume na segunda-feira (18).

Furacão Irma faz dez mortos nas Caraíbas
O Irma , o quarto furacão da temporada ciclônica no Atlântico, se encontra a cerca de 500 quilômetros das Pequenas Antilhas. Martin e as Ilhas Virgens Britânicas, arrancando árvores, derrubando casas e provocando danos generalizados.

Jaguar imagina volante 'faz-tudo' do futuro
Como a maioria dos fabricantes de automóveis premium, a JLR precisa de diesels para cumprir as metas de emissões da UE para 2021. Os primeiros modelos da Jaguar que serão totalmente eléctricos serão os Jaguar I-Pace, que deverão chegar ao mercado em 2018.

Comandante da Proteção Civil apresenta a demissão
No entanto, a RTP consultou o processo e não encontrou qualquer comprovativo que fundamente a experiência profissional que permitiu as equivalências.

Segundo a assessoria da PGR, o auditório para 400 pessoas estava lotado. "Outros seguirão do ponto em que parei e certamente avançarão ainda mais no aperfeiçoamento institucional e democrático do Ministério Público e do nosso país", disse.

Os ex-procuradores da República Sepúlveda Pertence (1985-1989), Aristides Junqueira (1989-1995) e Claudio Fonteles (2003-2005) também participaram do momento, que foi fechado à imprensa. "Valeu a pena para mim cada minuto de labuta, e até de sofrimento".

Lotofácil 1557 da Independência 2017: prêmio estimado de R$ 80 milhões Lotofácil 1557 da Independência 2017: prêmio estimado de R$ 80 milhões O sorteio do concurso da Lotofácil da Independência pode pagar um prêmio de R$ 80 milhões nesta quinta-feira (7). Para jogar na Lotofácil da Independência , basta marcar de 15 a 18 números dentre os 25 disponíveis no volante.

FC Porto sem seis internacionais 'pesca' Galeno e André Pereira aos 'B' FC Porto sem seis internacionais 'pesca' Galeno e André Pereira aos 'B' A partir das 20h30 deste sábado, no Estádio do Dragão, o FC Porto recebe os transmontanos do Desportivo de Chaves. "Contra o Desportivo de Chaves esperamos dificuldades e não olhamos para as estatísticas".

Temer e Geddel repartiram propina paga pela Odebrecht, diz Funaro em delação Temer e Geddel repartiram propina paga pela Odebrecht, diz Funaro em delação Ele disse aos procuradores que entregou R$ 1 milhão em espécie no escritório de Yunes, que nega ter recebido a quantia. A versão coincide com a delação premiada de Cláudio Mello Filho, ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht.