Segunda-feira, 26 Junho, 2017

Coreia do Norte denuncia plano da CIA para matar Kim Jong-un

Kim Jong-un Kim Jong-un. RODONG SINMUN
Viriato Gomes | 06 Mai, 2017, 00:16

A Coreia do Norte alega que o homem terá sido pago em alguns milhares para realizar o ataque.

Esta tensão também está relacionada com a política norte-americana desde a chegada ao poder de Donald Trump, que disse que estava disposto a tratar, se necessário, a questão da Coreia do Norte e, se necessário, pela força.

O anúncio de Pyongyang também acontece após o assassinato em fevereiro na Malásia do meio-irmão do líder norte-coreano, Kim Jong-Nam.

Os governos dos EUA e da Coreia do Sul não se pronunciaram sobre as acusações.

Além disso, a publicação afirma que o suposto plano incluiu também o uso de "substâncias radioativas e venenosas".

O Ministério afirma que o plano foi desbaratado e "esmagado" pelas autoridades do pais, sem especificar de que forma isso teria ocorrido.

Vacinação contra gripe para crianças e idosos é iniciada em JP
A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza começou no dia 17, segunda-feira. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

Infinite chega em setembro no PC e consoles — Marvel Vs Capcom
Outro grande destaque e talvez uma das novidades mais relevantes do game ficará por conta do modo história exclusivo . Segundo o texto, "detalhes sobre o lançamento das versões físicas no Brasil serão anunciados posteriormente".

Vereador da CDU na Câmara de Cascais detido durante protesto contra obra
Será hoje de manhã julgado em processo sumário no tribunal de Cascais, pelo crime de resistência e coação sobre funcionário. O mesmo diz "ter-se identificado como vereador, no âmbito de um protesto pacífico".

"O crime hediondo que foi recentemente descoberto e desmantelado na República Popular Democrática da Coreia (RPDC) revela um ato de terrorismo não só contra a Coreia do Norte, mas também contra a justiça e a consciência da humanidade e um ato de mutilação contra o futuro da humanidade", adiciona a declaração. O governo sul-coreano, que o vizinho do norte acusa de agir como cúmplice, também não quis comentar o assunto. O comunicado diz que esta situação é o equivalente a uma declaração de guerra.

Esta sexta-feira, o Ministério da Segurança norte-coreano emitiu um comunicado onde denuncia "um esforço desesperado" dos "imperialistas" norte-americanos e da Coreia do Sul que "ultrapassa todos os limites".

A acusação de complô vem um dia após a Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovar quase por unanimidade novas sanções contra Coreia do Norte, que ainda devem ser examinadas pelo Senado.

As tensões aumentaram nos últimos meses na península no seguimento de programas nucleares e lançamentos de mísseis norte-coreanos.

A Coreia do Norte, que tenta produzir mísseis com capacidade de transportar ogivas nucleares até o continente americano, executou cinco testes nucleares, dois deles em 2016.

Putin e Merkel se encontram em Sochi Putin e Merkel se encontram em Sochi Ela observou que também pretende discutir a presidência alemã no G20, grupo no qual a Rússia é um parceiro importante. O conflito ucraniano, iniciado no fim de 2013, é um dos principais pontos de afastamento entre Merkel e Putin.

Erin Moran, atriz da série 'Happy Days', falece as 56 anos Erin Moran, atriz da série 'Happy Days', falece as 56 anos Sites norte-americanos noticiaram que ela perdeu sua casa em 2010 e morava com a sogra em um condomínio de trailers. O programa também era famoso pelo personagem Fonzie, de Henry Winkler.

Casa Branca abre portas para 'negociações' sobre Coreia Casa Branca abre portas para 'negociações' sobre Coreia Antes da visita do presidente chinês, Trump havia feito críticas também ao governo chinês dizendo que esperava mais dedicação. Nesta quinta-feira, o ministro do Exterior chinês, Wang Yi, disse que a situação pode se acirrar e fugir do controle.